cumhoquei.com

  HOMENAGEM... 

  

António Aguiar Machado

 

O meu querido Amigo, Sr. "Tony" Aguiar Machado faleceu...

Uma Vida cheia
de Desporto...

Clique na imagem à direita
para ver uma passagem
rápida sobre a vida desportiva
 do Sr. António Aguiar Machado

cortesia da
RTP Açores

 

Homenagem
da AVSM...

A Associação de Voleibol de S. Miguel prestou uma justa homenagem ao "pai"..., Sr. António Aguiar Machado

cortesia da
RTP Açores

  

O "Sr. Tony" (Senhor António Aguiar Machado) faleceu na 4ª Feira, 5 de Dezembro de 2007, sucumbindo a uma paragem cardíaca que o atingiu na 2ª Feira anterior... Parece lugar comum mas neste caso nem me interessa que o digam porque ELE ERA MESMO UMA PESSOA MARAVILHOSA...

Adorava-o como a um Pai e tenho imensas saudades dos 32 anos que passamos juntos em Ralis e Opens de Golf a tratar os resultados, raramente podendo dispensar a sua ajuda e o seu conselho... Que pena... Perdemos um HOMEM INCRÍVEL...

Fez de tudo na sua vida de ligação ao Desporto, passou por todos os cargos, de Presidente a simples amante dos seus Voleibol, Atletismo, Futebol, Golfe, Rali, Hóquei em Patins (para além doutros) e amante incondicional deste Clube União Micaelense.

O "Sr. Tony" foi o mestre que me ensinou como se fazia um programa informático de tratamento de dados para Ralis que fosse funcional e de fácil aplicação. Foi com ele que dei os primeiros passos nas longas tardes de Sábado e Domingo que passávamos no Golfe a introduzir resultados dos torneios em que participavam sempre o filho (António Machado), o genro (Nóia) e o neto (André Medeiros) e sempre com a preciosa e indispensável ajuda também da filha, Helena Machado... E cada vez que chegava o cartão do André era um tal fazer contas para ver se tinha ficado entre os primeiros... Que paixão ele tinha pelos netos...!

Querido Tony... Espero que a minha amizade por ti, incondicional e sem reservas, não te tenha falhado em momento algum... porque se tal aconteceu, acredita que foi de forma inconsciente... ADORAR-TE-EI SEMPRE...

Recordo com imensa saudade o primeiro dia em que trabalhamos juntos (Rali da Primavera de 1975, penso que era este o nome do rali) e tu, com a natural desconfiança nos meios informáticos, acreditaste quase sem reservas num miúdo de 17 anos que te propôs testar um programa feito num ZX Spectrum (computador caseiro concebido quase somente para jogar) e que, após contas e conferências intermináveis, acabaste por adoptar para extrair os resultados oficiais que eram feitos por ti na máquina de escrever... Que saudades de todos estes anos em que juntos dividimos responsabilidades enormes... Um Abraço a toda a Família mas muito mais apertado à D. Rosa, esposa do meu Amigo...

QUE SAUDADES TUAS TENHO... JAMAIS TE ESQUECEREI!