cumhoquei.com

  HOMENAGEM... 

 

Mário Rui Medeiros

 

 

No sábado de triste memória, 19 de Abril de 2003 pelas 23:35, após doença prolongada, falecia Mário Rui Medeiros, pai de Bruno Medeiros, na altura jogador da nossa equipa de juvenis que participava no Campeonato Nacional da Modalidade. Ao Bruno, Lúcia, Marina e família, as nossas permanentes condolências pela inimaginável perda...

 

O Mário Rui era um homem cheio de saúde e vitalidade, um pai de tal modo extremoso que não se importava absolutamente nada de fazer a viagem Povoação-Ponta Delgada-Povoação mais do que uma vez no mesmo fim de semana somente para que o Bruno não faltasse a qualquer jogo da sua equipa ou da Selecção de S. Miguel, onde também estava inserido. E na maior parte das vezes, era espreitando pela porta do Pavilhão que o Mário via alguns dos jogos do filho, porque o Bruno não gostava que ele visse os jogos em que participava; Quem dera que tivesses visto muitos para teres no Bruno o mesmo ORGULHO que ele tem por ti, Mário, agora ainda mais. E tenho a certeza absoluta que o teu filho há-de crescer como um HOMEM, porque foi assim que foi educado, e em todos os minutos o teu exemplo está sempre presente nas acções que ele realiza...

 

Era um chefe de família irrepreensível e um pai adorado. Está no céu, de certeza...

Infelizmente a regra foi de novo cumprida: São os BONS que se vão...

 

O Mário Rui foi a enterrar no Domingo de Páscoa de 2003 na sua querida terra, a Povoação. De todos nós, a certeza de tudo fazermos para que nos possas continuar a confiar a educação do teu filho. Nunca serás esquecido, disso tenho a certeza, enquanto a Lúcia, a Marina e o Bruno forem vivos...